Campinense abre vantagem, mas cede empate ao Sergipe fora de casa

Foto: Osmar Rios

Terminou empatada a primeira partida do mata-mata entre Sergipe e Campinense, pela segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro. Neste domingo (12), no estádio Lourival Baptista, a Raposa abriu 2 a 0 com dois gols nos minutos finais do primeiro tempo, mas na segunda etapa o técnico fez várias alterações, o rubro-negro caiu de rendimento e por pouco não tomou a virada no final, mas o resultado acabou em 2 a 2.

O técnico Elias Borges promoveu o retorno de Doda ao time titular do Sergipe após poupar o meia na última rodada da primeira fase, enquanto Ranielle Ribeiro, comandante rubro-negro, escalou seu time considerado ideal, mantendo o meio-campista Dione, último reforço do time, como opção no banco de reservas.

A primeira chance com a bola rolando foi do Gipão. Aos 22 minutos, Paulinho recebeu cruzamento da direita e finalizou com perigo, assustando Mauro Iguatu, que se esticou, mas viu a bola passar por cima do travessão.

A resposta veio de forma brilhante. Aos 45 minutos, Matheus Régis cruzou da direita e Fábio Lima acertou uma linda bicicleta para mandar no canto esquerdo do goleiro e abrir o placar em Aracajú.

Deu tempo fazer o segundo. Nos acréscimos, aos 47, Patrick roubou a bola no meio-campo, passou para João Victor, que encontrou Cláudio entre os zagueiros para receber e tocar na saída do goleiro, ampliando a vantagem.

Foto: Samy Oliveira

Segundo tempo

Depois do intervalo, com boa vantagem no marcador, o Campinense voltou para administrar a vantagem e o técnico Ranielle Ribeiro aproveitou para mudar todo ataque antes dos 20 minutos. Saíram Matheus Régis, Cláudio e Fábio Lima para entrarem Juliano, Anselmo e Marcos Nunes. Por sua vez, o treinador do Sergipe colocou o time de forma mais ofensiva, e se aproveitou de uma Raposa totalmente desfigurada para conseguir reagir.

Em cobrança de falta da esquerda, aos 30, a zaga rubro-negra ficou plantada no chãoo e só observou Henrique Bahia subir para cabecear no canto esquerdo de Mauro Iguatu, e diminuir o prejuízo dos donos da casa.

Três minutos mais tarde, o Gipão tentava voltar a atacar e a bola tocada por Doda bateu no braço de Michel Bennech, e o árbitro Joelson Nazareno Ferreira Cardoso marcou pênalti, uma vez que o defensor estava dentro da área. Na cobrança, Doda fez valer a lei do ex e mandou no canto esquerdo de Mauro Iguatu, que pulou para o outro lado, deixando tudo igual no marcador.

A virada só não veio porque, aos 47 minutos, após boa trama da equipe sergipana, Doda, quase na pequena área, acabou completando cruzamento mandando para fora.

Os dois times voltam a se enfrentar no próximo sábado (18), às 15h, em Campina Grande. Quem vencer fica com a vaga nas oitavas de final. Em caso de novo empate, a decisão do classificado será nas cobranças de pênalti.

Ficha técnica

Sergipe 2 x 2 Campinense

Campeonato Brasileiro Série D 2021
Segunda fase – 1ª partida
Estádio: Lourival Baptista (Aracajú)

Arbitragem: Joelson Nazareno Ferreira Cardoso; Hélcio Araújo Neves e Luís Diego Nascimento Lopes, todos do Pará.

Gols: Henrique Bahia, Doda (S) Fábio Lima, Cláudio (C)
Cartões amarelos: Brendon (S); Cláudio, Ítallo (C)

Sergipe: Igor Rayan, Paulo Fernando (Da Silva), Lazarini, Júlio Pit, Júlio Lima; Ageu (Henrique Bahia), Brendon (Ninho), Doda; Diego Aragão, Elivélton Araújo (Luizinho) e Paulinho. Técnico: Elias Borges.

Campinense: Mauro Iguatu, Felipinho (Dênis), Michel Bennech, Ítallo, João Victor; Rafinha, Patrick, Marcelinho (Dione); Matheus Régis (Juliano), Fábio Lima (Marcos Nunes) e Cláudio (Anselmo). Técnico: Ranielle Ribeiro.

Equipe @Vozdatorcida