Campinense cobra CBF após erros da arbitragem em Aracajú

Foto: Samy Oliveira

Após erros de arbitragem que beneficiaram o Sergipe na conquista do empate diante do Campinense, na primeira partida válida pela segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série D, a equipe paraibana enviou, nesta terça-feira (14), uma carta de representação cobrando providências para que os erros não prejudiquem todo o planejamento no ano da Raposa.

No documento assinado por Dorgival Pereira, gerente de futebol, o Campinense aponta dois erros de arbitragem que originaram os dois gols da equipe sergipana. Aos 30:18 do segundo tempo, em falta cobrada por Elivelton, foi observado que Henrique Bahia, autor do primeiro gol, se encontrava em posição de impedimento, que não foi marcado pela comissão de arbitragem.

Em seguida, a diretoria aponta que aos 33:12 também do segundo tempo,  a marcação do pênalti originado por um toque com a mão de Ítallo, quando pode ser percebido que a bola tem contato com o ombro direito do atleta do Campinense. Além disso, de acordo com as imagens da transmissão, o lance aconteceu fora da área, que compromete a regularidade da marcação.

Na carta, o clube afirma:

“Tais erros comprometeram diretamente o resultado da partida e consequentemente traz ao
Campinense Clube/PB um prejuízo imensurável no momento, visto que se trata de disputa em mata-mata,
o que acaba por retirar a vantagem criada em campo devido a erros grotescos da equipe de arbitragem. O
Campinense Clube/PB, diante dos erros abaixo citados, pode vir a encerrar a temporada de 2021, com
todo o planejamento e os custos para a montagem e manutenção de um elenco competitivo, devido à
atuação da equipe de arbitragem que atuou em partida tão relevante para o clube”.

O clube solicita a Comissão Nacional de Arbitragem uma cópia do relatório do analista de
campo (Edmo Oliveira Santos) e o parecer técnico da ouvidoria da arbitragem nacional da Confederação
Brasileira de Futebol, liderada por Leonardo Gaciba.”

A segunda partida contra o Gipão está marcada para o próximo sábado (18), às 15h, no estádio Amigão, em Campina Grande. Quem vencer fica com a vaga nas oitavas de final da Série D do Brasileiro. Caso aconteça novo empate, o dono da classificação será definido nas cobranças de pênalti.

Equipe @Vozdatorcida