Campinense tem duelo de vida ou morte contra o vice-líder Paysandu

Foto: Divulgação

A noite deste sábado (30) vai ser de pura tensão para o torcedor rubro-negro. É que, a partir das 19h, o Campinense recebe, no estádio Amigão, em Campina Grande, o Paysandu, jogo válido pela décima sétima rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Enquanto a Raposa faz a conta de 7 em 9 pontos possíveis para se livrar do rebaixamento, ser derrotado hoje não pode sequer ser cogitado. O Papão, que nada tem a ver com isso, quer vencer e assegurar sua vaga antecipadamente para o quadrangular do acesso.

A Raposa está atualmente com 15 pontos e ocupa a décima nona e penúltima posição da tabela. Ao passo que tem apenas um ponto a mais que o lanterna, só está um atrás do Ferroviário, primeiro time fora do Z4. Já o time paraense, com 27 pontos, é o vice-líder do torneio.

Para a decisão de logo mais, o treinador Flávio Araújo tem dois reforços para a equipe do Campinense. Um é o retorno do volante Magno, que volta ao time após cumprir suspensão. Outro é o meia Gui Campana, que foi contratado após fazer boa Série D pelo Castanhal-PA. A semana de trabalhos na Bela Vista foi de tentar retomar a confiança após o revés para o Altos, no qual o time fez um grande primeiro tempo, desperdiçou várias oportunidades e acabou sofrendo o castigo.

O treinador Márcio Fernandes, do Papão da Curuzu, ganhou alguns reforços esta semana, como os zagueiros Naylhor e Wendel Lomar, que já foi regularizado, o atacante Dalberto, ex-CSA, e o volante Jean Henrique, que já atuou até no Atlético de Cajazeiras. Muito cobrado por alguns gols tomados em saída de bola, ainda assim o time deve ser o mesmo que empatou por 0 a 0 com o Figueirense no início da semana. O atacante Robinho, suspenso pelo terceiro amarelo, é desfalque.

Arbitragem

André Rodrigo Rocha apita o jogo, auxiliado por Alex Sandro Quadros e Márcio Duarte dos Santos, todos de Roraima. Ruthyanna Camila, da Paraíba, será a quarta árbitra.

Escalações

Campinense: Mauro Iguatu, André Mascena, Bremer, Mateus Santana, Filipe Ramon; Magno, Jeferson Lima, Dione; Emerson, Pedro Chinês e Willian Anicete. Técnico: Flávio Araújo.

Paysandu: Thiago Coelho, Igor Carvalho, Bruno Leonardo, Genílson; João Vieira, Mikael, José Aldo; Serginho; Marlon e Dalberto. Técnico: Márcio Fernandes.

Equipe @Vozdatorcida