Defensor do Bota-PB quer manutenção de trio de zagueiros

Foto: Guilherme Drovas

Dono da melhor defesa de toda a Série C, o Botafogo-PB sofreu apenas cinco gols em dez partidas disputadas até aqui. Para uma das principais peças do sistema defensivo, o zagueiro Daniel Felipe, a experiência e a comunicação entre os seus companheiros de zaga tem sido os fatores fundamentais para esse sucesso.

Dos dez jogos realizados até então, o Belo saiu sem sofrer gols em sete deles. Mas é a partir da quinta rodada, quando o a formação com três homens na zaga foi utilizada pela primeira vez, foi que essa solidez defensiva se tornou uma das chaves para a ótima campanha da equipe no Grupo A.

Contratado em maio, ainda na reta final da primeira fase do Campeonato Paraibano, o defensor de 29 anos assumiu a titularidade após a lesão do Fred na partida contra o Paysandu, na segunda rodada da competição. A configuração mais repetida foi a com Fred e Willian Machado, dois atletas que possuem experiência, principal fator, na sua avaliação, para esse bom desempenho.

– Nossa principal qualidade, eu acho que é a experiência. Jogamos juntos por poucos jogos, mas a partir do momento que o Gerson mudou o esquema tático, tivemos um entrosamento muito rápido. Eu acho que o fator principal desse entrosamento é a experiência, a nossa rodagem dentro do futebol. Se conhecendo ficou fácil se entender dentro do campo e ter essa boa campanha que estamos fazendo defensivamente – disse.

No entanto, a lesão do Fred o afastou das últimas partidas, com o jovem Gabriel Yanno assumindo o posto de titular. Deste modo, a experiência dá lugar a comunicação como a ferramenta para manter uma defesa sólida.

– Eu sempre prego a comunicação no setor defensivo, não só no setor defensivo, mas com meus outros companheiros de equipe. Eu acho que, independente da peça que o Gerson vai usar para o desfalque que temos na zaga, a comunicação vai ser essencial nessa partida. Já passamos por mudanças e eu acho que esse não vai ser um fator que vai nos atrapalhar, acho que nos comunicando, nos entendemos ali no setor defensivo e conseguiremos fazer uma bela partida de novo – analisou.

Além do desfalque por lesão, o sistema defensivo também não contará com Willian Machado para o próximo compromisso, devido ao terceiro cartão amarelo recebido contra o Ferroviário no sábado (31). Para manter o esquema tático, caso Fred ainda não esteja disponível, Jan Pieter deverá ter sua chance para estrear com a camisa botafoguense, mas a possibilidade de atuar com dois zagueiros não está descartada.

– Eu não sei qual vai ser a formação que o Gerson vai utilizar ainda, mas eu creio que com dois zagueiros, por estarmos entrosados com três zagueiros, sofreríamos um pouco, mas é uma uma situação que pode ser também posta em prática com Gerson. Também pode ser uma opção, mas o setor defensivo com três zagueiros já criamos a nossa cara, estamos bem mais adaptados. Eu acho que não vai mudar para dois zagueiros, vai continuar com três zagueiros e vamos fazer uma boa partida de novo – concluiu.

O Botafogo-PB entrará em campo, pela décima primeira rodada, contra a equipe do Paysandu no domingo (08), às 18h, no estádio Almeidão, em João Pessoa. Ambas as equipes possuem 16 pontos e o ocupam a segunda e terceira colocação do grupo, com o Belo na frente pelo saldo de gols.

Equipe @Vozdatorcida