Flávio Araújo se mostra confiante para duelo do Treze contra o líder do Grupo A

Foto: Ramon Smith/ Treze FC

Vindo de duas derrotas consecutivas, para Náutico e Globo-RN, e ainda sem vencer na Série C, o Treze ocupa atualmente a lanterna do Grupo A da competição, com três pontos conquistados em três empates após cinco rodadas.

Apesar da má campanha, o treinador Flávio Araújo não baixa a guarda e está determinado a fazer com que o Galo mude seu rumo no torneio. E para isso, a dura tarefa começa no próximo domingo (02), quando o alvinegro vai receber o Sampaio Corrêa, líder do grupo, no Amigão.

– Não estamos abatidos. Nosso time tem confiança e determinação, e é dessa maneira que vamos encarar o líder do Grupo A. A gente não conseguiu vencer e é ruim, é péssimo. (O Treze é) Um time grande, que tem peso no Nordeste, uma grande torcida. Mas estamos trabalhando para reagir e esperamos que aconteça no domingo, contra o Sampaio Corrêa – afirmou.

Ainda sem conseguir repetir a escalação desde o início da Série C, o técnico admite que essa tem sido uma situação incômoda, mas confia na qualidade do grupo de quase 30 jogadores para suprir as eventuais baixas. Para a peleja do fim de semana, o Galo tem a baixa do zagueiro Ítalo, e ainda tem dois jogadores entregues ao Departamento Médico, que são dúvidas para enfrentar a Bolívia Querida.

– Esperava no segundo jogo, contra o ABC, repetir, mas o Patrick sofreu com uma virose. O Ítalo recebeu também o terceiro amarelo. O importante é que confiamos no nosso grupo, os jogadores estão confiantes. Eles sabem que o Sampaio está em um grande momento, é líder do Grupo A, mas vamos com muita determinação e organização em busca dessa vitória – disse.

No início de 2019, Flávio Araújo comandou o time maranhense por sete jogos, até ser demitido após a derrota para o Moto Club, no primeiro jogo do Superclássico, com uma campanha de três derrotas, dois empates e duas vitórias. De lá para cá, o tricolor maranhense modificou o elenco e trouxe o treinador Julinho Camargo, ex-Inter e Grêmio.

Ainda assim, o conhecimento de parte do grupo de jogadores adversários é um trunfo do qual o comandante alvinegro deve se aproveitar no duelo entre as duas equipes.

– Eles têm seis jogadores que trabalharam comigo, outros que eu conheço de ver jogar. É um time que está em um grande momento, é um time forte, está bem encaixado na maneira de jogar do Julinho Camargo, mas estamos preparados para superá-los – garantiu.

Equipe @Vozdatorcida