Marcelinho Paraíba diz que Treze está pronto para surpreender no Castelão

Foto: Cassiano Cavalcanti/ Treze FC

Depois dos sustos da pré-temporada, o início do ano no Treze tem sido animador após quatro pontos conquistados nas duas primeiras rodadas da Copa do Nordeste. A próxima parada é contra a fortíssima equipe do Fortaleza, mas o técnico Marcelinho Paraíba quer surpreender os campeões de 2019.

Com a boa vitória diante do Altos-PI, na última rodada, a desconfiança em torno do trabalho do treinador iniciante começam a perder um pouco de força. Ainda não é possível definir o que será da nova carreira do ex-jogador, e nem do trabalho no Presidente Vargas, mas a ambição está constantemente nas suas palavras.

O Galo da Borborema terá agora uma sequência difícil de três partidas no espaço de oito dias. Amanhã (13), vai à capital do Ceará enfrentar o Leão do Pici,  na quinta-feira (18), a chave vira e o adversário será o América-MG, pela Copa do Brasil e, por último, no próximo sábado (20), mede forças contra o ABC-RN, novamente pelo torneio regional. Para um dos heróis do acesso para a Série C em 2018, não haverá distinção de importância entre os compromissos.

– Nós temos grandes desafios pela frente. Sequência de três grandes jogos que nós vamos ter, em competições diferentes, dois pela Copa do Nordeste, um pela Copa do Brasil. Mas nós não vamos priorizar competições, vamos encarar todas como importantes para nós, até porque o Treze não se dá ao luxo de ficar priorizando nenhuma competição. São todas importantes para o clube e nós vamos com força máxima em todos os jogos – declarou.

Com exceção da necessária mexida na zaga devido a lesão do Adriano Alves, o comandante realizou duas alterações entre os dois jogos até aqui. A primeira foi na lateral esquerda, com a saída do Bruce e entrada do meio-campista Emerson fazendo a função, a outra foi no ataque com Sony Anderson dando lugar para Ancelmo, também meia, deixando Jairinho como referência única no ataque. Para o próximo compromisso, o ex-camisa 10 fez mistério e contou que mudanças se dão em decorrência das necessidades diante do adversário.

– Sempre temos feito algumas mudanças, principalmente, dependendo da característica dos nossos adversários. Procuramos encaixar as peças que temos da melhor forma possível para que possamos surpreender. Acredito que nesse jogo possamos até continuar com o mesmo time que jogou a última partida, mas pode ser que também tenha alguma mudança – despistou.

Marcelinho, ainda jogador, teve uma boa passagem pela equipe cearense em 2014, disputando a Série C na oportunidade. Para o reencontro, o agora treinador não se intimida pela atual condição do clube, mais poderoso e de volta à Série A, e quer ir para o Castelão para surpreender.

– É um grupo bastante forte, jogadores experientes, e tem o Wellington Paulista, um artilheiro nato que temos que ter o maior cuidado e atenção. Tem o Osvaldo também. Nós não sabemos qual a equipe que vai entrar contra nós, mas nós estamos preparados. É respeitar o adversário, procurar marcar forte, sair nos contra-ataques, procurar surpreender eles fora de casa e voltar com um bom resultado – concluiu.

Treze e Fortaleza se enfrentam às 18h15, no estádio do Castelão, em Fortaleza, pela terceira rodada da Copa do Nordeste de 2021. Os alvinegros ocupam a terceira colocação do Grupo A, já o tricolor é o líder do Grupo B com duas vitórias em dois jogos.

Equipe @Vozdatorcida