Ranielle Ribeiro avalia estreia do Campinense na Série D

Foto: Samy Oliveira/ Campinense Clube

Jogo com DNA de Série D: expulsão com críticas, gramado que dificulta a boa prática do futebol, alta temperatura e briga por resultado até o último segundo de partida. Esse foi o diagnóstico de Ranielle Ribeiro, técnico do Campinense, após o empate por 3 a 3 contra o Caucaia, na estreia da quarta divisão do Campeonato Brasileiro.

De acordo com o treinador, a expulsão de Filipinho, ainda no primeiro tempo, afastou o Campinense de sair do solo cearense com três pontos.

– O que temos que ressaltar é toda a dificuldade que a Série D nos proporciona. A temperatura muito alta no estádio, o campo muito pesado. Infelizmente o André [árbitro principal] foi influenciado pelo bandeirinha e expulsou o Felipe sem ele ter feito praticamente nada. E por mais que ele tenha feito algo, e por mais que tivesse feito, era para ter tido uma conversa. O gol que gerou o escanteio não foi escanteio, foi tiro de meta. São uma série de erros que influenciam no resultado final da partida, infelizmente – afirmou o comandante

Mesmo com as dificuldades, Ranielle Ribeiro aprovou a entrega dos jogadores para conseguir o empate e a vaga temporária no G4 do Grupo 3.

– Tem que chamar atenção com relação a arbitragem, mas tem que enaltecer a entrega dos meninos. Jogar 60 minutos com um a menos com a temperatura como estava, o campo pesado, tomaram empate, a virada e eles empataram no final. Temos que passar por cima dessas adversidades e, se assim o for, faremos todos os jogos. Pontuar fora de casa é sempre bom, mas o retrato que o jogo nos dava era de sair daqui com a vitória. Por conta de tudo o que aconteceu, o ponto saiu de muita valia. É levantar a cabeça, fazer a viagem para casa, sabendo que os meninos fizeram de tudo para buscar o resultado, descansar e nos preparar para um grande jogo contra o América com um campo e temperatura mais favorável, vamos fazer valer o mando de campo – ressaltou Ranielle.

O próximo compromisso da Raposa na Série D será neste domingo, recebendo o América-RN, às 15h, no Estádio Amigão. O time potiguar estreou com vitória e é o terceiro colocado com três pontos, empatado com o Sousa e ABC-RN, primeiro e segundo colocados, respectivamente. Para o encontro, Ranielle Ribeiro quer o rubro-negro com uma postura mais ofensiva.

– A nível de campeonato de Série D, você pontuando em casa se credencia a buscar a classificação e assim o faremos. Principalmente nos jogos dentro de casa, fazer valer uma postura mais ofensiva e buscar a vitória para que a gente continue no G4, que é o nosso principal objetivo para buscar a classificação a nível futuro – finalizou.

Equipe @Vozdatorcida