Ranielle Ribeiro prevê Campinense com mais espaço em Sobral

Foto: Samy Oliveira

A vitória por 2 a 1 saiu na marra, mas dá ao Campinense a vantagem de jogar por um empate na volta, diante do Guarany de Sobral, pelas oitavas de final da Série D do Campeonato Brasileiro, para conseguir uma vaga na próxima fase da competição, que é justamente a mais importante: o mata-mata do acesso.

Para o treinador Ranielle Ribeiro, a semana tem que ser de concentração e muito trabalho para evitar cometer as mesmas falhas que quase custaram o resultado em Campina Grande. Entretanto, como parte do grupo de jogadores enfrenta problemas de desgaste físico, situação já revelada pelo técnico em algumas oportunidades, apesar de só jogar uma vez por semana, é tempo também de dar o repouso necessário para que seus comandados estejam com as baterias recarregadas no próximo fim de semana.

E um dos fatores que preocupa é o forte calor no estádio do Junco, uma vez que a partida será disputada às 15h do próximo domingo (03), no sertão cearense.

– Temos o início da semana para descansar, para recuperar os atletas e trabalhar forte. Sabemos da dificuldade que vai ser jogar lá em Sobral com o calor e contra uma grande equipe, mas também sabemos que construímos uma vantagem muito favorável. Agora trabalhar não só em cima da vantagem, é ir lá e fazer um jogo sólido, em busca de fazer um resultado positivo lá dentro – explicou.

Sabendo das dificuldades que irá enfrentar, Ranielle Ribeiro também espera um jogo mais ao seu estilo fora de casa, uma vez que o Bugre terá que sair para buscar a vitória, uma vez que só ela pode lhe garantir a classificação, seja nas penalidades ou no tempo normal. E isso abrirá brechas para que a Raposa tente ser letal e defina logo a classificação ao seu favor.

– Agora a coisa inverte, aqui em Campina Grande o Sobral não deu espaço, lá nós vamos ter campo para trabalhar, porque eles vão ter que sair para jogar e cabe a nós explorarmos esses espaços – afirmou.

Equipe @Vozdatorcida