Sousa demite Renatinho Potiguar após início ruim de temporada

Foto: Emerson Marvin

O ano de 2024 para o Sousa estava planejado, e talvez até ainda esteja, para deixar de ser o time do “quase”, que no ano anterior terminou com o vice-campeonato do Campeonato Paraibano e caindo nas quartas de final, ou o mata-mata do acesso, da Série D do Campeonato Brasileiro.

Para dar o passo a frente, foi ofertada a confiança no ótimo trabalho do treinador Renatinho Potiguar, que renovou seu contrato para permanecer no Dinossauro do Sertão.

Porém, a temporada começou de maneira muito ruim. Logo na primeira semana de janeiro, o Dino foi eliminado pelo ABC na primeira fase da Pré-Copa do Nordeste. No estadual, duas derrotas em três rodadas que deixam o time na zona de rebaixamento neste momento da competição.

Após o revés diante do CSP, em João Pessoa, na terça-feira (06), o presidente do clube, Aldeone Abrantes, em suas redes sociais, afirmou que eram preciso mudanças no time para corrigir os rumos. E, na quarta (07), após discussões acaloradas em um Marizão que amanheceu pichado por torcedores que protestavam contra o momento da equipe, o martelo foi batido.

Renatinho Potiguar não é mais técnico do Sousa. O profissional de 41 anos deixa o Dino após 36 jogos e 20 vitórias, um ótimo desempenho, mas que teve que ser interrompido após um início de ano frustrante.

O Dinossauro do Sertão vai buscar a recuperação no Paraibano no sábado (17), quando irá enfrentar o Campinense, no estádio Marizão, em jogo válido pela quinta rodada. O confronto da quarta rodada contra o Botafogo-PB não tem data definida pois o Belo joga pela Copa do Nordeste neste fim de semana.

Equipe @Vozdatorcida

[adrotate banner="3"]