Irritado, Evaristo Piza critica arbitragem após empate com o Santa Cruz

Foto: Paulo Cavalcanti/ Botafogo-PB

Comumente equilibrado e sereno, o treinador Evaristo Piza demonstrou muita irritação na entrevista coletiva após o empate do Botafogo-PB diante do Santa Cruz por 1 a 1, pela terceira rodada do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro. O resultado deixou o Belo com 3 pontos, ocupando a nona colocação na tabela de classificação.

Mesmo saindo atrás no placar após sofrer um gol de pênalti anotado por Pipico, aos 6 da primeira etapa, o Belo teve paciência para jogar e encontrar espaços jogando diante de uma equipe retraída na defesa, fato que não estava acontecendo anteriormente em situações semelhantes.

Apesar de ter mais posse de bola e com grande volume de jogo, o time da Maravilha do Contorno não conseguiu a vitória como gostaria. Muito por conta de pelo menos dois erros graves da arbitragem, como a não marcação de um pênalti em que Bruno Ré mete a mão na bola dentro da área no primeiro tempo, e um impedimento muito mal anotado por Breno Rodrigues em Dico, no segundo tempo.

Além destes dois lances, o comandante do Belo ficou com bronca em outras oportunidades com o trio de arbitragem.

– Faço uma avaliação simples, pontual e clara (da partida). Vi uma equipe que jogou para ganhar e foi prejudicada pela arbitragem. Tive um gol anulado, da cabeçada do Lula e a entrada do Felipe Alves, um pênalti na triscada do Felipe Alves no braço do Bruno Ré, e um impedimento claro do Dico com dois jogadores dando condição. Não sou de falar de arbitragem, não preciso justificar nada. Ficaria assustado se tivesse três empates sem jogar nada, mas a gente está jogando. As equipes vem fechadas, e quando a gente cria e tem situações, a arbitragem interpreta errado. Ele está trabalhando como eu, e eu não posso errar. As vezes o treinador é demitido por causa de um erro, e com eles nada acontece – desabafou.

Lembrando de um gol anulado de Nando no jogo contra o Ferroviário-CE, no empate por 1 a  1, no Almeidão, Evaristo Piza lamentou que o Botafogo-PB venha sendo prejudicado na Série C, e sugeriu que a diretoria tome alguma atitude a respeito. Ontem (13), a direção trezeana convocou uma entrevista para informar que vai entrar com uma representação contra as arbitragens nos jogos do clube na terceira divisão, por achar que o Galo está sendo prejudicado.

Ainda irritado, o treinador aproveitou para criticar a postura do tricolor pernambucano que, em sua visão, abdicou do jogo para cometer faltas e apenas se defender.

– A diretoria está vendo, tem as imagens, e alguma coisa tem que ser feita. Não vai nos trazer a pontuação de volta. O jogo acabou, contra um adversário que veio sem proposta nenhuma de jogar e leva um ponto para Recife. A gente fica lamentando não ter conquistado os três pontos por erros. São coisas gritantes, não são hipóteses – disse.

Com o terceiro empate em três rodadas, e na zona de rebaixamento do Grupo A, a situação não é confortável na Maravilha do Contorno na terceira divisão. Ainda assim, Piza disse que precisará se retratar com seus atletas pelas cobranças feitas durante o jogo, uma vez que, para ele, a arbitragem foi determinante para que a vitória não viesse, e não o desempenho de seus atletas.

– O sentimento é de insatisfação, não com o meu time, mas com a situação externa. Meu time chegou 29 vezes no fundo do campo. Antes de ver as imagens eu cobrei eles. Depois de ver as imagens, vou pedir desculpas, porque eles criaram, e nós não somamos os três pontos – concluiu.

Equipe @Vozdatorcida