Treinador do Nacional de Patos deixa o clube após derrota na estreia

Foto: Reprodução/ TV Naça

O futebol da Paraíba sempre nos prepara coisas novas, mas nem sempre pelo lado positivo.

É que após apenas uma partida oficial no comando do Nacional de Patos, a estreia do Campeonato Paraibano de 2020 contra o Atlético de Cajazeiras, quando perdeu por 2 a 0, o treinador Rafael Soriano acabou se desligando do Canário do Sertão.

Na peleja, ele acabou sendo expulso de campo pela arbitragem no decorrer do segundo tempo, quando já perdia o jogo.

A confirmação foi feita através de nota oficial publicada nas redes sociais do time patoense.

Aos 34 anos, o profissional tinha sua segunda experiência no futebol nordestino, onde já havia dirigido o Serrano-BA.

Apesar do comunicado afirmar que o treinador entregou o cargo, uma fonte ligada ao Nacional de Patos revelou ao Voz da Torcida que o método de trabalho de Rafael Soriano não agradava, e não havia perspectivas de melhoras ou de evolução após o desempenho apresentado nos amistosos diante do Afogados de Ingazeira-PE e Sousa, e confirmando-se a impressão na estreia do estadual contra o Atlético, no Perpetão.

A tendência é que um novo comandante seja apresentado antes da partida da segunda rodada, contra o Botafogo-PB, no José Cavalcanti. Até lá, o auxiliar Delany Nóbrega, que dirigiu o time em boa parte da campanha que levou o alviverde às semifinais do estadual do ano passado, fica a frente das atividades.

O perfil buscado será de alguém que tenha experiência no futebol do estado.

Equipe @Vozdatorcida