No Marizão, treinador do Sousa quer construir vantagem contra o ABC

Foto: Jefferson Emmanuel

O Sousa pode seguir fazendo história nas Eliminatórias da Copa do Nordeste, mas vai encarar um rival complicado e conhecido na decisão por uma vaga na fase de grupos da competição em 2022.

Na próxima quarta-feira (27), no Marizão, às 15h30, e no dia 17 de novembro, em Natal, o Dinossauro do Sertão vai encarar o ABC-RN, adversário que o venceu por 4 a 0 na segunda rodada, e que ele bateu por 2 a 0 na décima terceira rodada da fase de grupos da Série D do Campeonato Brasileiro.

O técnico do time sertanejo, Tardely Abrantes, destaca a importância de ter inteligência para lidar com este confronto, pela primeira vez em jogos de ida ou volta nesta fase prévia do torneio. Mas ele quer fazer valer o mando de campo para ir para o Frasqueirão com alguma vantagem em busca da classificação.

– É um jogo difícil, uma decisão. A gente está muito motivado em busca de nossa classificação. São dois jogos, um jogo de cento oitenta minutos, a gente tem que mentalizar isso, não podemos nos atirar a toa contra a equipe do ABC. Vamos tentar impor nosso ritmo de jogo, tentar buscar nossa vitória, que pode nos trazer uma tranquilidade para trabalhar pensando no jogo da volta – explicou.

Para a partida, o time deve ser o mesmo que começou jogando e eliminou o Confiança-SE, na semana passada. O meia Juninho, titular no primeiro jogo do torneio, contra o ASA-AL, sofreu uma lesão mais séria e só vai voltar a atuar na próxima temporada.

– Juninho não joga mais esse ano. Ele fraturou duas costelas e infelizmente, esse ano para o Juninho não dá mais. Ele está aqui com a gente, ainda fazendo tratamento. O restante dos atletas estão todos à disposição, e espero que a gente possa sair com a vitória diante do ABC. Não será fácil, o time teve o acesso agora, mas cada joga uma história, então vamos fazer valer o mando de campo com nossa torcida, espero que tudo dê certo – afirmou.

Se não vai contar com um atleta que foi titular por toda temporada, o Dinossauro pode ter uma vantagem física para a partida. O alvinegro potiguar, depois de perder por 4 a 2 da Aparecidense, na primeira partida da semifinal da Série D, só chega em Natal na noite desta segunda-feira. De acordo com a programação do clube, o elenco será liberado e, após a reapresentação, na manhã de terça (26), os relacionados já viajam para o interior da Paraíba. Tudo isso sem realizar nenhum treinamento.

Tardely Abrantes, entretanto, não espera encontrar facilidades contra um rival conhecido, inclusive que foi derrotado no Marizão, pela quarta divisão, no fim de agosto, e não quer ser surpreendido. Ainda segundo o técnico, em um jogo desta importância as adversidades servem como combustível para que tentem fazer um bom jogo.

– O fato de não treinar, acho que nesse momento não influi muito porque já é final de temporada, já tem uma equipe montada, já tem a forma de jogar. Acho que o cansaço vai castigar um pouco a equipe do ABC, mas em decisão tudo se supera, na força de vontade o conjunto. Não sei se o ABC vem com time misto ou com os atletas que vem jogando, mas o ABC é time grande, e contra time grande a gente tem que entrar atencioso no jogo, sempre buscando a vitória, porque o ABC também não vai vir com time fraco porque tem o jogo da volta, tendo em vista que eles já perderam um jogo para a gente aqui no Campeonato Brasileiro de 2 a 0. Vamos esperar, espero que a gente possa também mentalizar que o ABC está cansado, vem de viagem, mas isso aí não influi. Temos que propor o jogo a todo custo, e tentar sair com a vitória. O mais importante é sair vitorioso. O resultado, o placar, é o jogo que vai falar, mas a vitória a gente vai ter que buscar – concluiu.

Equipe @Vozdatorcida