Treinador vê preparação mais longa como trunfo do Atlético de Cajazeiras

Foto: Divulgação/ Atlético de Cajazeiras

Líder do Grupo A e com boas chances de classificação para as semifinais do Campeonato Paraibano de 2020, o Atlético de Cajazeiras foi o primeiro clube paraibano a voltar aos treinos após a realização dos exames de detecção do coronavírus no seu elenco.

O técnico Ederson Araújo vê como um fator positivo para a conquista dos objetivos a retomada dos trabalhos a frente dos adversários.

– Fomos o primeiro clube a retornar, seguindo todo o protocolo exigido pela Federação, pelos governos. Isso é muito bom, nos deixa com uma vantagem, sim, referente aos outros, mas sabemos que temos que trabalhar da melhor forma para que possamos chegar a classificação – disse.

Essas primeiras semanas ainda têm sido de readequação física dos atletas após um longo período de inatividade nas competições. Após o anúncio do retorno do Campeonato Paraibano, a equipe dispensou duas importante peças do elenco, o lateral-esquerdo Jackinha e o zagueiro Egon por indisciplina, ao desrespeitarem as normas de isolamento social.

Já foram realizadas cinco contratações para o prosseguimento do campeonato e a disputa da Série D. Três reforços já estão a caminho de Cajazeiras, devendo chegar no final do dia de hoje e apresentados amanhã, quando já serão integrados ao elenco.

O comandante já começa a vislumbrar a formação de um novo time inicial, em virtude da saída de dois titulares e a chegada dos novos reforços, para as duas partidas que restam pela primeira fase.

– Estamos trabalhando, a equipe já se reapresentou, fizemos os exames e estamos trabalhando a parte física. Essa semana vamos dar uma refinada na parte técnica, tática, para ir montando a equipe para a reestreia na competição no dia 23 – explicou.

A reestreia do Trovão Azul no estadual será contra o Campinense, fora de casa.

Equipe @Vozdatorcida