Vilar explica alterações em estreia e lamenta elenco curto no Botafogo-PB

Foto: Divulgação/Botafogo-PB

O Botafogo-PB não iniciou bem a temporada de 2021. Em sua estreia na Copa do Nordeste, o Belo ficou apenas no empate por 0 a 0 com o 4 de Julho, em um duelo de pouca inspiração. Um dos motivos para a exibição abaixo do esperado dos dois times foram as substituições dos dois treinadores.

No caso do clube paraibano, o técnico Marcelo Vilar, no intervalo do jogo, trocou os atacantes Ramon Tanque e Welton Felipe pelo volante Bruno Menezes e o meia-atacante Kaio Wilker. Essa mexida gerou bastante rebuliço entre os torcedores, que não gostaram da alteração.

Na entrevista coletiva pós-jogo, Marcelo Vilar explicou que a substituição tinha intuito de fortalecer o meio-campo, já que as jogadas de velocidade não estavam fluindo bem.

— O jogo demonstrou que não tinha espaço para jogar de velocidade. E na minha concepção, Ramon, infelizmente, não vinha conseguindo nem segurar a bola lá na frente quando a gente precisava. Eu já tinha treinado a opção de colocar o Kaio Wilker fazendo essa função de falso 9 — esclareceu.

Todavia, a alteração não surtiu muito efeito, já que o Botafogo-PB seguiu sem chegar com perigo. Vilar relatou que as mudanças melhoraram a circulação de bola de seu time, mas que não agregou na criação ofensiva.

— Até certo ponto sim, o time começou a ter mais posse de bola aqui. Mas não tivemos as finalizações que nós queríamos. O time criou pelos lados, colocou a bola na área. Com o adversário todo postado atrás, realmente fica complicado de se penetrar por dentro. Não conseguimos penetrar por dentro como a gente está acostumado e treinador para fazer — admitiu.

O comandante botafoguense refletiu e revelou que errou na escalação inicial. Vilar afirmou que, caso não tivesse entrado com o atacante Welton como titular, teria ele à disposição no banco de reservas para o segundo tempo, quando o adversário está mais cansado.

— Se eu não tivesse começado com o Welton, por exemplo, e eu tivesse ele para usar no final do jogo, ele descansado, quando o Roniel chegou a cansar, eu teria a oportunidade de ter um jogador para chegar ali. Mas, no banco hoje eu não tinha, apenas jogadores com outras características — disse.

O próximo duelo do Belo é contra o Bahia, pela segunda rodada da Copa do Nordeste, neste sábado (06), às 18h15, na Arena Fonte Nova. No momento, com o empate, o Botafogo-PB é o quinto colocado do Grupo B, com um ponto.

Equipe @Vozdatorcida